Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘governo’

Bertolt Brecht, no seu poema AGORA LEVAM A MIM, faz referência ao desenvolvimento do nazismo antes da 2ª guerra mundial:

Primeiro levaram os comunistas
Mas não me importei com isso
Eu não era comunista

Em seguida levaram alguns operários
Mas não me importei com isso
Eu também não era operário

Depois prenderam os sindicalistas
Mas não me importei com isso
Porque eu não sou sindicalista

Depois agarraram uns sacerdotes
Mas como não sou religioso
Também não me importei

Agora estão me levando
Mas já é tarde.

Já utilizei este poema de Bertolt Brecht para escrever um tema sobre a violência no Brasil.

Bertolt Brecht, dramaturgo e poeta alemão

Agora quero utilizá-lo sobre um assunto que está num crescendo assustador no mundo todo:

O patrulhamento ostensivo das pessoas.

Não importa o que seja!

Fugiu do padrão – não sei quem foi que criou o tal ‘padrão’ – a pessoa tá ferrada.

Se você bebe, fuma, vai ao banheiro da empresa de vez em quando, sai pra almoçar, fala palavrão, tira férias, gosta de comer gordura, gosta de doce, gosta de ler, adora dormir tarde, tem mais de 2 filhos, gosta de “vagabundar” de vez em quando, gosta de muito sexo, tem pressão alta, problemas de colesterol, é diabético, se você é gordo… cuidado!

Tem gente de olho em você!

Há pouco tempo atacaram os fumantes em são Paulo, e em diversos lugares do mundo.

Agora estão atacando os obesos… e é pra valer.

Acompanhe:

Os quilos a mais já custam mais caro em várias companhias aéreas internacionais (algumas com vôos no Brasil), nas quais passageiros muito acima do peso podem ter de pagar por duas poltronas em vôos cheios.

No Estado do Alabama (EUA), o governo cobrará, a partir de 2011, US$ 25 por mês dos funcionários obesos que não se cuidarem. Antes do “imposto de gordura”, o governo já cobrava US$ 25 de fumantes.

Na Inglaterra, um condado motivou protestos ao passar a cobrar, neste ano, 50% a mais para enterrar corpos “maiores”. A regra começou a vigorar em março. Em vez da tarifa normal de 129 libras (R$ 415), o sepultamento de obesos custa 194 libras (R$ 625).

A United Airlines cita reclamações de “cerca de 700 passageiros em 2008” que viajaram “espremidos” para justificar a criação, há duas semanas, da cobrança de poltrona extra para obesos em vôos lotados.

Outras oito companhias americanas já faziam a cobrança (hipocritamente não cobram se o vôo estiver vazio). Algumas, como a Continental e a Delta, operam no Brasil, onde as regras também valem, assim como a United.

Assustador, não é?

Isto não está parecendo aquele negócio da tal ‘raça pura’?

Os governos, as pessoas apertam o cerco.

E vamos vivendo no fio da navalha.

A cada dia o nosso espaço, o nosso modo de viver fica mais restrito.

E temos que dar satisfação de tudo: do que comemos, do que bebemos, do que lemos, do que amamos, do que pensamos, de como cuidamos de nossas vidas… de nossos corpos.

E fique esperto:

Se você – dentro do tal ‘padrão’ que estão criando para as pessoas – é feio, alto, baixo, magrelo, careca, fanho, paraplégico, surdo, mudo, branquelo, negro, amarelo, vermelho, índio, puta, mendigo, gay, narigudo, barbudo, dentuço, tem pernas tortas, é gordo, entre outros, você pode ser excluído da sociedade.

Alguém muito próximo de você te observa e faz anotações.

E logo saberão da sua existência.

E da minha!!!

Anúncios

Read Full Post »

– Rapaz, você não faz idéia da vida de um blogueiro brasileiro que publica matéria todos os dias!

– Falar da própria vida enche o saco!
– Falar da tua, você não toma jeito!
– Não agüento mais ver a cara do governo!
– Corrupção, vixe!
– Maracutaias, eca!
– Hipocrisia, o diabo escreve!
– Violência, todos os dias!!!
– Cara-de-pau, só com óleo de peroba!
– Bandidagem, só se for a toda hora!
– Cinismo, não posso nem ver!
– Demagogia, haja papel!
– Mídia, só se não for a Globo!
– Igreja, Deus nos livre!
– Polícia, questão de polícia!
– Empresariado, sempre querem mais!
– Ecologia, agronegócio demais!
– Dinheiro, não gosto de banqueiros!
– Educação, já falei demais!
– Saúde, doença é assunto ruim!
– Habitação, não tenho casa própria!
– Miséria, só eu que vejo!
– Poluição, só se for a mental!
– Big Brother, falar mais o quê!
– Novela, futilidades!
– Globo, não gosto de governo paralelo!
– Mundo, gente demais falando!
– Políticos, não tem mais letras no alfabeto!

——-

– Pois é: o que um blogueiro brasileiro publicaria numa QUINTA?
– Tudo já foi dito!
– Tudo já foi escrito!
– Falado!
– Televisado!
– Fotografado!

– Meu Deus, o assunto do Brasil e do mundo está acabando!
– Tudo é redundância e não quero ser redundante!

– Quero ser uma metáfora nas páginas do meu blog!
– Quero fugir da mesmice do Brasil e do mundo!
– Quero inventar uma história que:
– Você ainda não viveu.
– Não viu.
– Não leu.
– Não ouviu.

– Quero reinventar o Brasil… e por que não o mundo!
– Quero reinventar o homem… e por que não o brasileiro!
– Quero eternizar a esperança… matar de uma vez por todas o medo!

——-

– Mas que merda!
– Ainda continuo sem assunto e a redundância é sempre a minha melhor opção!
– Divirta-se com a mesmice!

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: