Feeds:
Posts
Comentários

About: Antonio Medeiro .

Site
Detalhes
Houve um tempo em que caminhei entre os dois olhos de uma mulher. Outro tempo, rastejei ferido entre serpentes venenosas. Outro, me debatia pela vida nas corredeiras furiosas do rio. Hoje... Hoje estou morto. Mortalmente morto, confortavelmente morto na anônima solidão do sofá da sala de visitas.

Posts by Antonio Medeiro .:

Older Posts »